Democracia e hegemonia neoliberal: luta e resistência nos 30 anos da Constituição Federal.

Autores

  • Camila Faria Pançardes Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v14.n39.2646

Palavras-chave:

Constituição Federal, Democracia, Restruturação Produtiva,

Resumo

O presente artigo tem como foco uma das forças sociais que constituiu o maior partido de esquerda na América Latina até então, o setor cristão, adotando como base de analise o Movimento Nacional de Fé e Política que nasce nos anos 1990 no cerne da primeira crise da democracia nascente, que sob a hegemonia da ideologia neoliberal, impulsiona também respostas na classe trabalhadora organizada pela garantia dos direitos conquistados em principio, mas que tendem à regressão com a flexibilização das leis trabalhistas e precarização das condições de trabalho, determinadas pela restruturação produtiva e a informatização dos meios de produção. Na construção dessa hegemonia, é fundamental uma cultura pragmática e funcional aos detentores do Capital.A constituição de uma esquerda ampla no Brasil, que culmina no Partido dos Trabalhadores, unindo intelectuais, movimentos de base e sindicatos, no final da década de 70  está  na base do movimento por democracia no Brasil, no período de decadência da ditadura militar exercida no pais no período 1962-1986. A Constituição Federal de 1988 significa um marco a partir do qual se instaura oficialmente, a democracia representativa que estrutura o Estado e os poderes que o constitui, ou seja, a estrutura legal-formal para o exercício da liberdade e da concorrência individual, assim como, os direitos sociais como critério de um Estado moderno voltado para o bem comum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Faria Pançardes, Universidade Federal Fluminense

Graduação em Serviço Social pelo Unifoa; mestre e doutoranda pela Escola de Serviço Social da Universidade Federal Fluminense. Ex - professora da Universidade Estadual de Montes Claros e professora substituta da Escola de Serviço Social da Unirio.

Downloads

Publicado

04/15/2019

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas e Humanas