O uso de maquete tridimensional como recurso didático na Disciplina de Hidrologia e Recursos Hídricos para a demonstração de técnicas compensatórias

Autores

Palavras-chave:

Maquete; Recurso Didático; Hidrologia; Técnicas Compensatórias

Resumo

As maquetes tridimensionais são reconhecidamente um importante recurso didático e instrucional e sua utilização em sala de aula auxiliam o docente de maneira significativa, na transmissão de conhecimentos e visualização de elementos estruturais adotados pela Engenharia Civil para a solução de inundações e alagamentos no meio urbano, contribuindo de forma evidente para o processo ensino-aprendizagem na disciplina de Hidrologia e Recursos Hídricos. Este estudo tem por objetivo evidenciar as fases de construção de uma maquete dinâmica, suas especificidades, descrição pormenorizada das etapas de sua concepção, bem como demonstrar de maneira clara e funcional as medidas estruturais existentes para equacionar os impactos ambientais negativos advindos da ocupação urbana desordenada e suas consequências sobre os sistemas drenagem convencionais. A maquete construída possibilitará aos discentes o entendimento prático das ações concretas de Engenharia Civil expostas na mesma, seu funcionamento e a aplicação das mesmas para a redução do escoamento superficial em áreas altamente urbanizadas e impermeabilizadas. Na maquete confeccionada para apoio a disciplina de Hidrologia e Recursos Hídricos será possível também visualizar a função de técnicas compensatórias como telhados verdes, alagados construídos, bacias de retenção e pavimentos permeáveis (Miguez, Veról e Rezende, 2016) que demonstrem clara e inequivocadamente as vantagens destas soluções alternativas de engenharia que se mostram sustentáveis e viáveis na mitigação e/ou solução dos graves problemas de drenagem urbana que assolam grande parte dos municípios brasileiros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Jácome Gurgel Júnior, Centro Universitário de Volta Redonda- UniFOA

Doutor em Ciências Ambientais e Florestais, Professor do curso de Engenharia Ambiental e Engenharia Civil do UniFOA. Professor da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro/SEEDUC.

Thainá de Souza Jeronymo Souza, Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA

Bacharel em Engenharia Civil

Wendel Sousa do Carmo Souza, Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA

Bacharel em Engenharia Civil

Referências

ANDUJAR, P. V.; FONSECA, Ricardo Lopes. A utilização de maquetes como instrumento metodológico nas aulas de Geografia. In: Simpósio Nacional de Recursos Tecnológicos Aplicados à Cartografia e XVIII Semana de Geografia, 21 a 25 de set. 2009. Maringá, Paraná.

BAPTISTA, M.; NASCIMENTO, N.; BARRAUD, S. Técnicas compensatórias em drenagem urbana. 1. ed. Porto Alegre: ABRH, 2005.

BRAGA, Júlia Oliveira. Alagamentos e inundações em áreas urbanas: estudo de caso na cidade de Santa Maria – DF. Brasília, 2016. Monografia de graduação (Disciplina Prática e Pesquisa de Campo 2), - Departamento de Geografia, Instituto de Ciências Humanas, Universidade de Brasília. Disponível em: <http://bdm.unb.br/bitstream/10483/19267/1/2016_JuliaOliveiraBraga.pdf>. Acesso em: 14 dez. 2018.

CAETANO, Fernando D. N.; TIBIRIÇÁ, Antônio C. G.; SANTOS, Glaucio L. A. A. Sistema de cobertura verde para uma edificação na área de saúde numa IFES. XIII Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, Canela, out. 2010.

CARVALHO, Juliana Wilse Landolfi Teixeira de; MYSCZAK, Luciano Augusto; DE OLIVEIRA, Fabiano Antonio. Bacias hidrográficas simuladas em maquetes: prática pedagógica para ensino fundamental e médio. Geosaberes, Fortaleza, volume 7, novembro de 2016. ISSN 2178-0463. Disponível em: <http://www.geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/336>. Acesso em: 08 maio 2019.

CASTROGIOVANNI, Antonio. C. et al. Ensino de Geografia: práticas e textualizações no cotidiano. Porto Alegre: Mediação, 2000.

CBN CAMPINAS. Consórcio PCJ recomenda bacias de retenção para reserva de água da chuva. 16 de janeiro de 2016. Disponível em: <https://www.portalcbncampinas.com.br/2016/01/consorcio-pcj-recomenda-bacias-de-retencao-para-reserva-de-agua-da-chuva/>. Acesso em: 14 nov. 2018.

CIRIA. 2007. The SuDS manual - Construction Industry Research and Information Association. 2007.

COSTA, Gustavo; PINHEIRO, Ana Lúcia; REDA, André Luiz; ROCHA, Ana Júlia; TANZILLO, André. Pesquisa de graduação a serviço da responsabilidade social: Educação ambiental através da introdução de telhados verdes para drenagem urbana sustentável. Disponível em: <http://www.abenge.org.br/CobengeAnteriores/2012/artigos/103956.pdf>. Acesso em: 10 Jan. 2019.

CRISTO, S. S. V. Análise de susceptibilidade a riscos naturais relacionados à enchentes e deslizamentos do setor leste da Bacia Hidrográfica do Rio Itacurubi, Florianópolis, Santa Catarina. Florianópolis, 2002. 211 p. Dissertação (Mestrado) - Departamento de Geociências do Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina.

DAEE-SP. O programa ambiental de controle das inundações no estado de São Paulo. Fevereiro de 2000. Disponível em: <http://www.daee.sp.gov.br/acervoepesquisa/relatorios/revista/raee0002/inundacoes.htm>. Acesso em: 14 nov. 2018

EPA, 1999. Storm Water Technology Fact Sheet, Porous Pavement. EPA 832-F-99. Office of Water, Washington, D.C.

FERGUSON, B. K. Porous Pavements. Integrative Studies in Water Management and Land Development. Florida, 2005.

FERNEDA, M.C., DIAS, G.B.C, BRUM, L.S. Uso de maquetes físicas tridimensionais para o ensino/aprendizagem em desenho técnico. XXXIX COBENGE - Blumenau, SC – 2011. Disponível em:

<http://www.abenge.org.br/cobenge/arquivos/8/sessoestec/art1688.pdf>. Acesso em: 15 jan. 2019.

FONSECA, P. L. DA, NASCIMENTO, E. A. DO, & LONGO, O. C. Gestão ambiental de bacias hidrográficas: medidas não convencionais no controle de cheias urbanas – principais aspectos, considerações e ações integradas. XIII SIMPEP - Bauru, SP, Brasil, 6 a 8 de novembro de 2006.

FRANCISCHETT, Mafalda Nesi. A cartografia no ensino de geografia: a aprendizagem mediada. Cascavel, Paraná. EDUNIOESTE, 2004.

GARRIDO NETO, Pedro. Telhados verdes associados om sistema de aproveitamento de agua de chuva: projeto de dois protótipos para futuros estudos sobre uma técnica compensatória em drenagem urbana e prática sustentável na construção civil. Disponível em: <http://monografias.poli.ufrj.br/monografias/monopoli10004589.pdf>. Acesso em: 15 Jan. 2019.

GUITERREZ, Francisco. Linguagem Total: uma Pedagogia dos Meios de Comunicação. São Paulo: Summus Editorial, 1978.

HAUS. Construções com telhado verde terão mais área disponível para construção. 27 de fevereiro de 2018. Disponível em: . Acesso em: 14 nov. 2018.

HERZOG, C.; ROSA, L. (2010). Infraestrutura Verde: Sustentabilidade e resiliência para a paisagem urbana. Revista LABVERDE, (1). Disponível em:<https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i1p92-115>. Acesso em: 15 jan. 2019.

LUZ. R. M. D.; BRISKI. S. J. Aplicação didática para o ensino da geografia física através da construção e utilização de maquetes interativas. Periódicos do 10° Encontro Nacional de Prática de Ensino em Geografia, Porto Alegre, 2009.

MANO, E. R. (2008). Estudo de Bacias de Retenção como solução para situações crescentes de urbanização. Dissertação de Mestrado. Porto: Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

MAY, S. Estudo da Viabilidade do Aproveitamento de Água de Chuva para Consumo Não Potável em Edificações. Dissertação (Mestrado em Engenharia). Curso de Pós-Graduação em Engenharia da Construção Civil. Escola Politécnica. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

METHODS, H.; DURRANS, S. R. (2003). Stormwater Conveyance Modeling ande Design. Waterbury: Haestad Press.

MIGUEZ, M. G.; REZENDE, O. M.; VERÓL A. P. Drenagem Urbana: do projeto tradicional à sustentabilidade. 1. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2016.

MINKE, Gernot. Techos Verdes. Espanha: EcoHabitar, 2005.

SANTOS, C. A maquete no ensino de geografia. 1.ed. Santo André: Ed. Record, 2009.

SAUTCHÚK, C. A. Formulação de diretrizes para a implantação de programas de conservação de água em edificações. Dissertação (Mestrado em Engenharia) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

SILVA, LUCIENE PIMENTEL. Hidrologia: engenharia e meio ambiente. 1. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

SIMIELLI, Maria Elena Ramos; GIRARDI, Gisele; MORONE, Rosemeire. Maquete de relevo: um recurso didático tridimensional. Boletim Paulista de Geografia. São Paulo, Número 87, 2007.

SIMIELLI, Maria Elena; GIRARDI, Gisele; BROMBERG, Patrícia; MORONE, Rosemeire; RAIMUNDO, Sílvia Lopes. Do plano ao tridimensional: a maquete como recurso didático. Boletim Paulista de Geografia, São Paulo, nº 70, 1991.

SINGAPORE. ABC Waters Design Guidelines. Public Utilities Board (“PUB”). 2. ed., 2011. Disponível em: <http://www.pub.gov.sg/abcwaters/abcwatersdesignguidelines/Documents/ABCWatersDesignGuidelines_2011.pdf > Acesso em 28 dez. 2018.

SOUSA, R. R. Oficina de maquete de relevo. Um recurso didático. Terræ Didatica, 2014. Disponível em: <http://www.ige.unicamp.br/terraedidatica/>. Acesso em 08 mai. 2019.

TUCCI, C. M. Gerenciamento de drenagem urbana. RBRH – Revista Brasileira de Recursos Hídricos, volume 7. 2001. Disponível em: < http://rhama.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/01/GEREN02.pdf>. Acesso em: 28 dez. 2018.

WATERFALL, P. H. Harvesting Rainwater for Landscape Use. University of Arizona Cooperative (2002). Disponível em: <http://ag.arizona.edu/pubs/water/az1052/>. Acesso em: 25 mar. 2019.

Downloads

Publicado

28-09-2022

Como Citar

GURGEL JÚNIOR, F. J.; SOUZA, T. de S. J.; SOUZA, W. S. do C. O uso de maquete tridimensional como recurso didático na Disciplina de Hidrologia e Recursos Hídricos para a demonstração de técnicas compensatórias. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, 2022. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/3924. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Tecnologia e Engenharias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)