Fake News e Covid-19

uma revisão narrativa

Autores

  • Luíz Fernando Ribeiro Marques UniFOA
  • Carolina Almeida de Moraes UniFOA
  • Maria Clara Tomé Oliveira UniFOA
  • Angela Schächter Guidoreni UniFOA

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v18.n51.4008

Palavras-chave:

Infodemia, COVID-19, Fake news

Resumo

Este artigo traz evidências publicadas no período do primeiro semestre de 2022 a respeito de trabalhos que relacionam COVID-19 e informações falsas. Trata-se de uma revisão narrativa da literatura, utilizando-se descritores relacionados a fake news, COVID-19, Infodemia, totalizando 11 artigos. A busca na base de dados Google Acadêmico foi realizada no período de março a maio de 2022. No panorama atual, o tema fake news tem recebido bastante destaque. Essa revisão pontuou uma série de estudos que conceituam fake news como informações falsas potencialmente enganosas amplamente compartilhadas de maneira intencional ou não. A quantidade exponencial de fake news relacionadas a COVID-19 fez com que houvesse a necessidade de formular um termo que representasse essa epidemia de desinformação, o qual a Organização Mundial de Saúde (OMS) definiu como infodemia. Acredita-se que esses achados possam ajudar a compreender um fenômeno que colaborou para desestimular a adesão de parcelas da população brasileira às campanhas de isolamento social e de vacinação.

Palavras-chave: Fake News. COVID-19. Infodemia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luíz Fernando Ribeiro Marques, UniFOA

Graduando do curso de Medicina do Centro Universitário de Volta Redonda

Carolina Almeida de Moraes, UniFOA

Graduanda do curso de Medicina do Centro Universitário de Volta Redonda

Maria Clara Tomé Oliveira, UniFOA

Graduanda do curso de Medicina do Centro Universitário de Volta Redonda

Angela Schächter Guidoreni, UniFOA

Médica graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especialista em Pediatria (SBP/AMB). Especialista em Homeopatia (AMHB/AMB). Especialista em Gestão em Saúde da Família (IMS/UERJ). Formação em Terapia Comunitária Integrativa (UFCE/MS). Formação em Liderança Balint (SBMFC/ABRABALINT). Prof.ª dos eixos Medicina e Humanidades - Saúde Sociedade no Curso de Medicina do Centro Universitário de Volta Redonda/UniFOA. Mestre em Educação em Saúde pelo UniFOA. Doutoranda em Ciências da Saúde na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Referências

ALCOTT, Hunt; Gentzkow, Matthew. Social Media and Fake News in the 2016 Election. Journal of Economic Perspective, v. 31, ed. 2, p. 211–236, 2017. DOI: https://doi.org/10.1257/jep.31.2.211

ALVES, T. R. de S.; LIMA, V. da S.; DANTAS, L. F. S.; DECCACHE-MAIA, E. Diálogo entre COVID-19 e Gripe Espanhola: fake news, negacionismo e tempos obscuros na Ciência. Research, Society and Development, v. 11, n. 5, p. e32911528320, 2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i5.28320

ALVES, Wedencley. Um jornal no dissenso: o Correio da Manhã e a campanha contra a vacinação obrigatória. R. Eletr. de Com. Inf. Inov. Saúde, v. 6. n. 4, 2013. DOI: https://doi.org/10.3395/reciis.v6i4.Sup1.749pt

BARBOSA, Xênia de Castro et al. Fake news e Covid-19 na terra indígena Karitiana, Porto Velho/RO. Concilium, v. 22, n. 3, p. 225–240, 2022. DOI: https://doi.org/10.53660/CLM-206-216

BRAZ, G. S. et al. Fake News sobre COVID-19 no Brasil: Uma revisão integrativa. Diversitas Journal, v. 7, n. 1, 2022. DOI: https://doi.org/10.48017/dj.v7i1.1968

CAI, C. et al. A comprehensive analysis of the efficacy and safety of COVID-19 vaccines. Molecular therapy: the journal of the American Society of Gene Therapy, v. 29, ed. 9, p. 2794-2805, 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ymthe.2021.08.001

DE OLIVEIRA, D. C.; GERHARDT, T. E. O primeiro Curso Aberto, On-line e Massivo (Mooc) sobre Covid-19 e iniquidades no Brasil: potências da saúde coletiva no enfrentamento da infodemia e das fake news. Saúde debate, v. 46, n. especial 1, p. 105-118, 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-11042022e107

FALCÃO, Paula; SOUZA, Aline Batista de. Pandemia de desinformação: as fake news no contexto da Covid-19 no Brasil. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde, v. 15, n. 1, p. 55-71, 2021. DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v15i1.2219

GALHARDI, Cláudia Pereira et al. Fake news e hesitação vacinal no contexto da pandemia da COVID-19 no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 27, n. 05, p. 1849-1858, 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232022275.24092021

GALLUP. Wellcome Global Monitor – First Wave Findings. 2019.

GARCIA, P Leila; Duarte, Elisete. Infodemia: exceso de cantidad en perjuicio de la calidad de las informaciones sobre la COVID-19. Epidemiol. Serv. Saúde, v. 29, n. 4, 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/s1679-49742020000400019

LUIZ, Ana Cecília Gomes Rosa et al. Movimento Antivacina: a propagação de uma distopia que ameaça a saúde da população brasileira. Brazilian Journal of Health Review, v. 4, n. 1, p. 430-441, 2021. DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-034

MONTAGNI, I et al. Acceptance of a Covid-19 vaccine is associated with ability to detect fake news and health literacy. Journal of public health (Oxford, England), v. 43, ed. 4, p. 695-702, 2021. DOI: https://doi.org/10.1093/pubmed/fdab028

NETO, André Pereira et al. Avaliação da qualidade da informação de sites sobre Covid-19: uma alternativa de combate às fake news. Saúde debate, v. 46, n.132, p. 30-46, 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-1104202213202

NETO, Mercedes et al. Fake news no cenário da pandemia de covid-19. Cogitare Enfermagem, [S.l.], v. 25, abr. 2020. DOI: https://doi.org/10.5380/ce.v25i0.72627

NUNES, Karliete de Carvalho Lima. Imagens da China a partir de fake news sobre a Covid-19: orientalismo na era da pós-verdade. 2022. Dissertação (Mestrado em Cultura e Comunicação) – Universidade de Lisboa, 2022.

PORTO, Carolina Silva; Jaborandy, Clara Cardoso Machado. Liberdade de expressão e fake news: uma análise da desinformação em tempos de pandemia de covid-19. RJLB, n. 3, p. 235-259, 2022.

RITCHIE, Hannah et al. Coronavirus Pandemic (COVID-19)". Published online at OurWorldInData.org. Our World in Data, 2022.

SARAIVA, L. J. C. et al. A Ciência e a Mídia: A propagação de Fake News e sua relação com o movimento anti-vacina no Brasil. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Belém – PA, 2019.

VASCONCELLOS-SILVA, Paulo R.; CASTIEL, Luis David. As fake news e os sete pecados do capital: uma análise metafórica de vícios no contexto pandêmico da COVID-19. Cad. Saúde Pública, ed. 38, n. 5, 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311xen195421

VENEGAS-VERA, A Verner; COLBERT, Gates B; LERMA, Edgar V. Positive and negative impact of social media in the COVID-19 era. Reviews in cardiovascular medicine, v. 21, ed. 4, p. 561-564, 2020. DOI: https://doi.org/10.31083/j.rcm.2020.04.195

WILSON, Steven Lloyd; WIYSONGE, Charles. Social media and vaccine hesitancy. BMJ global health, v. 5, ed. 10, 2020. DOI: https://doi.org/10.1136/bmjgh-2020-004206

Downloads

Publicado

03-04-2023

Como Citar

RIBEIRO MARQUES, Luíz Fernando; ALMEIDA DE MORAES, Carolina; TOMÉ OLIVEIRA, Maria Clara; SCHÄCHTER GUIDORENI, Angela. Fake News e Covid-19: uma revisão narrativa. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 18, n. 51, 2023. DOI: 10.47385/cadunifoa.v18.n51.4008. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/4008. Acesso em: 12 jul. 2024.

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)