A uberização do trabalho e o sujeito uberizado em textos humorísticos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v18.n52.4016

Palavras-chave:

Uberização do trabalho, Sujeito uberizado, Discurso humorístico, Resistência

Resumo

O artigo analisa textos humorísticos que abordam o tema da uberização do trabalho e o sujeito uberizado, procurando compreender o modo de funcionamento discursivo, considerando os efeitos de sentidos que os tecem. Para isso, apoia-se na perspectiva discursiva da linguagem na interface com os estudos de Freud (1989) sobre o campo da comicidade e com a Sociologia do Trabalho (ANTUNES, 2019). A análise evidenciou que o discurso humorístico, por meio do chiste, humor ou cômico, escancara as condições precárias da uberização do trabalho, e o cartunista comparece como porta-voz da causa do trabalhador uberizado, chamando-o à luta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Tiemi Suda , Universidade Federal de São Carlos

Estudante do 4º ano de Administração da Universidade Federal de São Carlos, campus Lagoa do Sino. 

Referências

ADORNO, Guilherme. Discursos sobre o eu na composição autoral dos vlogs. Tese de Doutorado. Instituto de Estudos da Linguagem – IEL, Universidade Estadual de Campinas. Campinas: Unicamp, 2015.

ADORNO, Guilherme; NOGUEIRA, Luciana. O sujeito discursivizado como empresa no youtube: trabalho e condições (digitais) de produção. 9: 1-7. Anais do SEAD, 2020.

ANTUNES, Ricardo; FIGUEIRAS, Vitor. Plataformas digitais, uberização do trabalho e regulação no Capitalismo contemporâneo. Contracampo, Niterói, v. 39, n. 1, p. 27-43, abr./jul. 2020. DOI: https://doi.org/10.22409/contracampo.v39i1.38901

ANTUNES, Ricardo (Org.). Riqueza e Miséria do Trabalho no Brasil IV: trabalho digital, autogestão e expropriação da vida. São Paulo: Boitempo, 2019.

ANTUNES, Ricardo. “Uberização” do trabalho: caminhamos para a servidão, e isso ainda será um privilégio. [Entrevista concedida ao] Instituto Humanitas Uniensino. Disponível em: http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/591102-uberizacao-nos-leva-para-a-servidao-diz-pesquisador. Acesso em: 29 de maio de 2021.

BOMBARDELLI, Joel. Sujeito, sociedade, neoliberalismo e sentido no discurso da contabilidade. Tese de Doutorado. Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem – PPGCL, Universidade do Vale do Sapucaí. Pouso Alegre: Univás, 2019.

DIAS, Cristiane. Considerações sobre o texto pelo digital. In: Língua, ensino e tecnologia. Organizadoras: Claudia Pfeiffer, Juciele Pereira Dias e Luciana Nogueira. 1ª. Edição. Campinas, SP: Pontes Editores, 2020.

DIAS, Cristiane. Análise do discurso digital: sujeito, espaço, memória e arquivo. Campinas: Pontes, 2018.

FREUD, Sigmund. (1905). “El Chiste e su Relación con lo Inconciente”. In: Obras Completas, v. 8. 2ª ed. Traducción directa del alemán de José L. Etcheverry. Buenos Aires: Amorrortu, 1989.

KEHL, Maria Rita. Sobre Ética e Psicanálise. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

MOTA, Ilka de Oliveira. Humorless approach: análise discursiva de quadrinhos de humor em livros didáticos de inglês como língua estrangeira. São Paulo, SP: Editora Appris, 2018.

MOTTA, Vania; EVANGELISTA, Olinda; CASTELO, Rodrigo. Determinações do capital, empresariamento, educação pública no Brasil. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v.13, n.1, p.1-8, abr. 2021.

MOROZOV, Evgeny. A ascensão dos dados e a morte da política. Big Tech. São Paulo: Ubu Editora, 2018.

NORITOMI, Roberto. Você não estava aqui. Comentários sobre o novo filme do cineasta inglês Ken Loach. [Entrevista concedida ao] Instituto Humanitas Uniensino. Disponível em: www.ihu.unisinos.br/78-noticias/597116-voce-nao-estava-aqui-comentario-sobre-o-novo-filme-do-cineasta-ingles-ken-loach . Acesso em: 31 de maio de 2021.

ORLANDI, Eni. Análise de Discurso: Princípios & Procedimentos. Campinas, Pontes, 1999.

PECHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Trad. Eni Orlandi e outros. Campinas: Editora da Unicamp, 1988.

Downloads

Publicado

09-06-2023

Como Citar

TIEMI SUDA, Fernanda; OLIVEIRA MOTA, Ilka. A uberização do trabalho e o sujeito uberizado em textos humorísticos. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 18, n. 52, 2023. DOI: 10.47385/cadunifoa.v18.n52.4016. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/4016. Acesso em: 19 maio. 2024.

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas e Humanas

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)