Cenário da gestão de pessoas no setor público brasileiro

uma análise da produção científica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v19.n54.4692

Palavras-chave:

Gestão de Pessoas, Setor Público, Desenvolvimento

Resumo

O debate acerca da gestão de pessoas é relevante, principalmente quando se refere ao setor público, pois nos últimos anos tem despertado uma certa notoriedade e de certo modo irá proporcionar melhorias ao setor alavancando seu desenvolvimento, porém, existem alguns desafios que explicam o baixo aproveitamento desta área. Por isso, este estudo tem como objetivo analisar as produções científicas relacionadas à Gestão de Pessoas no Setor Público Brasileiro, cujo intuito é verificar a relevância desta temática para as instituições de ensino brasileiras. A metodologia deste estudo caracteriza-se como exploratória, de natureza quantitativa, sendo que foi realizada uma busca na base de dados Scopus, onde foram utilizados filtros para uma melhor análise. Os resultados mostram que apesar de ser um tema bastante discutido no Brasil ainda existem poucos artigos científicos relacionados ao tema na base de dados analisada, sendo apenas 25 artigos, ainda se notou que os anos 2013 e 2014 foram os anos com um maior quantitativo destas produções e a instituição que apresentou maior interesse sobre a temática foi a Fundação Oswaldo Cruz.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleide Mara Barbosa da Cruz, Universidade Estadual de Feira de Santana ´ - UEFS

Técnica em Secretariado - IFS

Bacharela em Administração Pública - UFS

Pós-Graduada em Gestão Empresarial e Inteligência Competitiiva - FAMEESP

Mestra e Doutoranda em Ciência da Propriedade Intelectual - UFS

Gardênia Tereza Jardim Pereira , Universidade Estadual de Feira de Santana ´ - UEFS

Possui graduação em Turismo e Administração pela Faculdade de Tecnologia e Ciências e Universidade Norte do Paraná, respectivamente. Especialização em Docência Técnico Profissionalizante (IFBA). Mestre em Cultura e Turismo pela Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC. Proprietária GJ Consultoria em Bem-estar corporativo, empresa que oferece serviços de treinamento e capacitação profissional em comunicação empática, Liderança e atendimento de excelência. Facilitadora em Comunicação Não-violenta - CNV. Atuou como consultora organizacional em Hotelaria pela Projetu Consultoria em Turismo. Docente da Uniftc (UNEX) desde 2010 e docente substituta na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia pelo Departamento de Ciências Sociais Aplicadas entre 2016 - 2022. Atuou como coordenadora do curso de Administração da Uniftc, bem como do grupo de pesquisa Indivíduos, Gestão e Organizações na linha de pesquisa Gestão e Educação e do grupo de pesquisa em Comunicação e Cultura na linha de pesquisa Turismo e Publicidade pelo colegiado de Publicidade e Propaganda (2012) da mesma instituição. É membro do Grupo de Pesquisa Administração Política para o Desenvolvimento. Atuou como coordenadora de Pesquisa e Extensão (2013 a 2015). Coordenou o programa FTC - Digital (2010 - 2011). Foi coordenadora das disciplinas Trabalho Interdisciplinar Dirigido I, II, III e IV pelos cursos de Administração e Publicidade. Atuou como coordenadora do Núcleo de Acompanhamento às Atividades Acadêmicas - NAAC pela mesma instituição de ensino (2011 - 2013). É supervisora de estágio supervisionado desde de 2015.1, pelo curso de Administração. Professora da pós-graduação em Gestão de TI como as disciplinas de Gestão de Pessoas e Metodologia Científica em Direito Penal. Docente na Pós Graduação em Marketing Digital com a disciplina de Metodologia da Pesquisa e Docente da Pós-graduação em Logística (Ead Uesb). Atuou também como professor Formador(Orientador) para o Curso de Especialização em Gestão Municipal, oferecido na modalidade a distância (Programa Nacional de Formação em Administração Pública (PNAP) EaD/ UESB/ PNAP/ CAPES (2019) e como coordenadora da Especialização em Gestão Pública Municipal da UESB na modalidade presencial (2016 -2018). Docentes de Disciplinas relacionadas a gestão nos cursos de Administração, Economia, Contabilidade, Direito, Jornalismo, Engenharia Civil, Sistema de Informação, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Gastronomia, Fisioterapia, Educação Física e Nutrição e Enfermagem, Engenharia Elétrica e Ambiental. Atualmente é docente de ensino superior e técnico profissionalizante pela UNEX E IFBA e da Universidade Aberta do Brasil pelo curso de Turismo.

Referências

BERGUE, S. T. Gestão de pessoas: liderança e competências para o setor público / Sandro Trescastro Bergue. Brasília: Enap, 2019. 179 p. : il.

CAMPOS, S. D. F. Gestão de Pessoas na administração pública. 2023. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública). Paraná: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rondônia, 2023.

COELHO, F. A. C. J.; PEREIRA, D. A. O.; MOTA, J. C.; SILVA, A. L. P.; PRAÇA, V. A. C. P. ARAÚJO, T. G. “Conseguir ser estratégica, ou não ser”: atuação e identidade da área de gestão de pessoas sob a ótica de servidores públicos federais. In: XLVI Encontro da ANPAD - EnANPAD 2022. P. 2177-2576, 2022.

DANTAS, F. Repensando o patrimonialismo : Ainda uma chave explicativa do Estado brasileiro ?. Fórum Sociológico Série II, v.1, n. 41, 2022. DOI: https://doi.org/10.4000/sociologico.10732

ERTHAL, L. F. Avaliação de Treinamento: uma revisão da literatura sobre a importância da avaliação no programa de treinamento e desenvolvimento nas organizações brasileiras do setor público. 2023. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração). Balneário Camboriú: Universidade do Sul de Santa Catarina, 2023.

FECK, N. V. Mudança nas Práticas de Gestão de Pessoas com o Trabalho Remoto: sob a ótica de gestores do setor público. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração). Brasília: Universidade Federal do Brasília, 2022.

FUNDAÇÃO. Fundação Oswaldo Cruz. Disponível em: <https://portal.fiocruz.br/fundacao>. Acesso em: 24 jul. 2023.

FREITAS, P. F. P. ODELIUS, C. C. Escala de competências gerenciais para o setor público. Caderno EBAPE.BR, v. 20, n. 2, Rio de Janeiro, 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/1679-395120210050

GODOY, Arilda Schmidt. Pesquisa Qualitativa - tipos fundamentais. Revista de Administração de Empresas. São Paulo: RAE, v. 35, p. 20-29, maio/jun. 1995. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-75901995000300004

HANAI. J. L.; SILVA. L. N.; SILVA. S. S.; CUNHA. N. R. S. Revisitando a Literatura Estrangeira em Gestão de Pessoas. Revista de Administração – FACES. Belo Horizonte V. 21, n.2, p. 94-111, Abr./Jun. 2022.

INTERNATIONAL Journal of Environmental Research and Public Health. MDPI. Disponível em: < https://www.mdpi.com/journal/ijerph>. Acesso em: 24 jul. 2023.

MATTAR, F. N. Pesquisa de marketing. São Paulo: Atlas, 1994.

MOURA, M. C. S.; SOBRAL, M. F. F. Gestão por competências com uso da metodologia multicritério na avaliação de profissionais de apoio administrativo de um Call Center. Revista de Gestão e Secretariado, v. 5, n. 3, p. 1-27, 2014. DOI: https://doi.org/10.7769/gesec.v5i3.308

MÜLLER, M. Por que ainda falamos de clientelismo no Brasil?. Partidos Políticos e Organização Partidária, v. 14, n. 3, 2020. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-5269.109274

PINHO, A. P. M.; SILVA, C. R. M.; OLIVEIRA, E. R. S. Determinantes da Intenção de Rotatividade no Setor Público: um estudo em uma instituição federal de ensino. Administração Pública e Gestão Social, v. 14, n. 3, 2022. DOI: https://doi.org/10.21118/apgs.v14i3.13039

SGARBOSSA, M. Contribuições das Práticas de Gestão de Pessoas para o florescimento no trabalho: uma revisão integrativa (2011-2021). Revista Gestão e Desenvolvimento. V. 20, n. 1, 2023. DOI: https://doi.org/10.25112/rgd.v20i1.3166

SILVER, Mick. Estatística para administração. São Paulo: Editora Atlas S. A. 2000.

SIQUEIRA, M. V. S.; MENDES, A. M. Gestão de pessoas no setor público e a reprodução do discurso do setor privado. Revista do Serviço Público. V. 60, n. 30, 2009. DOI: https://doi.org/10.21874/rsp.v60i3.25

SOBRE A CAPES. CAPES, 05 jan. 2021. Disponível em: < https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/perguntas-frequentes/sobre-a-cap>. Acesso em: 24 jul. 2023.

THEODOROVICZ, J. C.; OLIVEIRA, L. C.; AZEREDO, A. D. Gestão de pessoas na administração pública. Revista de Administração e Contabilidade. V. 11, n. 3, 2019.

VASCONCELLOS, L. C. P. Estilos de liderança e sua influência no desempenho de equipes no setor público. 18p. 2023. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Pública). Santana do Livramento: Universidade Federal do Pampa, 2023.

VARGAS, T. C.; LINHARES, F. S.; GUEDES, T. V.; CERNICHIARO, L. E. M.; OLIVEIRA, A. D.; CANTINI, E. Gestão de pessoas por competência no setor público. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação. São Paulo, v.7.n.2, 2021. DOI: https://doi.org/10.51891/rease.v7i2.878

VIEIRA, B. L. Gestão de Pessoas no Setor Público Análise do Processo de Gestão de Pessoas na Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. 2023. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração Pública e Políticas Públicas). Foz do Iguaçu: Universidade Federal da Integração Latino-Americana, 2023.

VISCAINO, C. C. L.; ESTORK, L. A. Gestão de Pessoas: um olhar sobre a evolução histórica do principal ativo das organizações empresariais. Revista Científica Eletrônica de Administração. v. 7, n. 13, 2007.

Downloads

Publicado

24-05-2024

Como Citar

CRUZ, Cleide Mara Barbosa da; JARDIM PEREIRA , Gardênia Tereza. Cenário da gestão de pessoas no setor público brasileiro: uma análise da produção científica. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 19, n. 54, 2024. DOI: 10.47385/cadunifoa.v19.n54.4692. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/4692. Acesso em: 23 jun. 2024.

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas e Humanas

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)