Atravessamentos na pandemia: relatos maternos sobre moradia, escola e pesquisa

Bethania Bittencourt, Marcela Moraes de Castro

Resumo


O relato apresentado problematiza o cotidiano de duas mulheres, articulado pelos pares mulher-pesquisadora, mulher-docente, mulher-mãe, no período do isolamento social, causado pela pandemia da coronavírus (Covid-19), como efeito da política de ensino remoto, conforme estabelecido pela rede estadual de educação do Rio de Janeiro. Analisamos que o contexto pandêmico de suspensão das atividades escolares presenciais potencializa o par que articula a relação mulher-mãe e mulher-docente sem, contudo, significar um afrouxamento do par mulher-pesquisadora, quando o campo de estudos em políticas públicas educacionais anuncia sua efervescência, nas disputas entre os sujeitos que circulam no executivo e no legislativo do RJ. No contexto do ensino remoto, insistimos que o planejamento para a oferta deste configura saídas que potencializam o uso das tecnologias no atendimento das demandas das famílias da rede pública público e clientela da escola pública e privada.


Palavras-chave


Mulher; Ciência; Carreira acadêmica; Experiência de vida; Política de ensino remoto; Covid-19.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Daniela Patti. Gestão democrática: questões sobre a gestão escolar em escolas públicas no Brasil e em Portugal. Rev. Trabalho, Política e Sociedade, Rio de Janeiro, v.1, p.77-94, jul./dez. 2016.

AMARAL, Daniela Patti; CASTRO, Marcela Moraes. Juventude e participação: o PEE/RJ como efei-to da prática da política democrática. TEXTURA-Revista de Educação e Letras, v. 21, n. 47, 2019.

CASTRO, Marcela Moraes de. Sentidos de conhecimento escolar no jogo de linguagem nas polí-ticas oficiais de currículo. 2012. 136 f. 2012. Tese de Doutorado. Dissertação (Mestrado em Educa-ção) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

CASTRO, Marcela Moraes; AMARAL, Daniela Patti. Estudantes em cena: a ocupação como estraté-gia política pela gestão democrática no Rio de Janeiro. e-Mosaicos, Rio de Janeiro, v. 8, n. 17, p. 3-18, jan./abr. 2019.

GABRIEL, Carmen Teresa; DE CASTRO, Marcela Moraes. Conhecimento escolar: objeto incontor-nável da agenda política educacional contemporânea. Revista Educação em Questão, v. 45, n. 31, 2013.

RIO DE JANEIRO (Estado). Decreto nº 46.970/2020. Dispõe sobre as medidas de enfrentamento da propagação do Novo Coronavírus (Covid-19), em decorrência da situação de emergência em saúde, e dá outras providências. Disponível em: http://www.ioerj.com.br/portal/modules/conteudoonline/mostra_edicao.php?session=VGtSbk5VOVVaelZOZWxWMFVtdFJORTVwTURCTlJGcEVURlZKTWsxRWEzUlNS-VVV5VFdwVmQwMXFRWHBOUkdNeVRWUlZORTVFUlhwTmVsVXdUa0U5UFE9PQ. Acesso em: 30 abr. 2020.

LIMA, Licínio Carlos. A gestão democrática das escolas: do autogoverno à ascensão de uma pós-democracia gestionária? Educação & Sociedade, Campinas, v. 35, n. 129, p. 1067- 83, out./dez. 2014.

LIMA, Licínio Carlos. Quando me falam em escola neutra, eu fico arrepiado, porque ela é mais ideológica do que a outra. Guilherme Santos, 21, Rio Grande do Sul, abr. 2017.

LIMA, Licínio Carlos. Por que é tão difícil democratizar a gestão da escola pública? Educar em Revis-ta, Curitiba, v. 34, n. 68, p. 15-28, mar./abr. 2018.

LIMA, Licínio Carlos; SÁ, Virgínio; SILVA, Guilherme Rego. O que é a democracia na “gestão de-mocrática das escolas”? In: Licínio Carlos Lima; Virgínio Sá (orgs.). O governo das escolas: demo-cracia, controlo e performatividade. Braga, Edições Húmus, p. 213 - 258, 2017.

MOUFFE, Chantal. Sobre o político. São Paulo, SP: Martins Fontes, 2015.

MUGNOL, Marcio. A educação a distância no Brasil: conceitos e fundamentos. Revista Diálogo Educacional, v. 9, n. 27, p. 335-349, 2009.

OLIVEIRA, Romualdo Portela de. A transformação da educação em mercadoria no Brasil. Educ. Soc., Campinas, vol. 30, n. 108, p. 739-760, out. 2009.

RIO DE JANEIRO (Estado). Circular Interna nº 26, Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC) e Subsecretaria de Gestão da Rede de Ensino (SUGEN). Divulgação de Plano de Ação Pedagógica. WhatsApp: [PPGE Grupo Pesquisa]. 25 mar. 2020. 15:30. mensagem de WhatsApp.

SILVA, Fabiane Ferreira; RIBEIRO, Paula Regina Costa. Trajetórias de mulheres na ciência: “ser cientista” e “ser mulher”. Ciênc. Educ., Bauru, v. 20, n. 2, p. 449-466, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: