Atualização sobre tratamento medicamentoso de infecções causadas por Staphylococcus aureuse resistência a drogas antiestafilocócicas

Manuela Ornelas de Abreu, Claudete Araujo Cardoso, Aline Cardoso Caseca Volotão, Fábio Aguiar-Alves

Resumo


Desde os primeiros casos de resistência a penicilina e depois meticilina,o Staphylococcus aureusse tornou degrande importância no ambiente hospitalar e atualmente também na comunidade. Glicopeptídeos são a primeiralinha de tratamento para infecções graves por MRSA, porém a alta toxicidade dos mesmos e, resistência,fazem com que as outras alternativas terapêuticas sejam adotadas na prática clínica para o tratamento de infecçõescausadas por S. aureus. Esta revisão pretende abordar as principais opções de tratamento antiestafilocócicos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25119/praxis-4-8-578

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: