O ensino da produção textual em perspectiva diacrônica

Autores

  • A. C. S. Malfacini UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2227

Palavras-chave:

ensino, produção textual, diacronia, materiais didáticos

Resumo

Este trabalho pretende investigar como a produção textual tem sido abordada em materiais didáticos, isto é, livros didáticos de português (LDP) e apostilas escolares (AE). Para tanto, optou-se por um levantamento diacrônico sobre o ensino de língua portuguesa no Brasil, apresentando um histórico do LD como suporte do ensino e aprendizagem da disciplina, a fim de depois serem analisados os impactos das teorias linguísticas modernas, sobretudo no que diz respeito aos gêneros (cf. BAKHTIN, 2003), e dos PCN no ensino do texto em sala de aula. Em virtude das modificações recentemente propostas pelo exame nacional de ensino médio (ENEM) e dos seus impactos na abordagem escolar da produção textual (PT), delimitamos nossa análise ao texto dissertativo-argumentativo, conhecido genericamente como redação escolar (RE), o mais cobrado em concursos e vestibulares brasileiros, traçando um recorte desde o período pós-ditadura militar até as recentes propostas semióticas de abordagem do gênero (SANTAELLA, 2009; SIMÕES, 2009).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30