Avaliação do efeito antiparasitário de probióticos em primatas do velho mundo mantidos em cativeiro no zoológico municipal de Volta Redonda – RJ

Autores

  • M. S. Costa UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • C. A. S. Pereira UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n2%20Esp.2285

Palavras-chave:

Lactobacillus, Trichuris, probiótico

Resumo

As doenças com animais de cativeiro vêm apresentando um aumento expressivo, principalmente relacionado ao manejo inadequado, representando um ambiente propício à disseminação de doenças. Em consequência desses fatores há muitos distúrbios na microbiota normal do animal alterando o equilíbrio intestinal, levando a doenças parasitárias graves. Corroborando para as desvantagens ligadas ao efeito antiparasitário de vermífugos e antibióticos, atualmente os probióticos são considerados ferramentas alternativas no tratamento e na prevenção das diarreias, pois contêm micro-organismos benéficos que ajudam a suprimir os patogênicos. Analisando-se o prisma das inquestionáveis vantagens que os probióticos proporcionam o presente trabalho teve como objetivo a avaliação do efeito antiparasitário de probióticos a base de lactobacilos em primatas do velho mundo mantidos em cativeiro no Zoológico Municipal de Volta Redonda, RJ. Os primatas Macaco rhesus, Babuíno sagrado e Babuíno sagrado fêmea receberam diariamente 10 ml de preparado com 109 UFC/ml do Lactobacillus casei ATCC 7469, Lactobcillus plantarum ATCC 8014, Lactobacillus fermentum ATCC 9338 e Lactobacillus acidophilus ATCC 7469, em condições assépticas, num período de 105 dias sendo administrado junto ao pão com mel, para melhor sabor junto aos primatas, 30 minutos antes da dieta diária de cada animal. Para a análise de diminuição de parasitas foi realizada exames parasitológicos quantitativos utilizando a técnica de McMaster para a contagem de ovos por grama de fezes (OPG), sendo realizada a coleta a cada 15 dias. Todos os primatas apresentaram-se parasitados por Trichirus trichiura. Após análise dos resultados de ovos por grama de fezes verificou-se que houve redução significativa dos ovos nas fezes após 105 dias com o uso do preparado probiótico diariamente, apresentando uma eficácia máxima.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-08-17

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)