Canhotos e procedimentos médicos – uma reflexão sobre a necessidade de adaptação de instrumentais e de treinamentos acadêmicos específicos

Autores

  • H. F. Alvarenga UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • T. C. S. Lopes UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • V. M. L. Ribeiro UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • C. Y. Utagawa UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n2%20Esp.2289

Palavras-chave:

educação médica, lateralidade funcional, aptidão

Resumo

Há muito se tem questionado sobre diferenças entre destros e canhotos. Na população geral, cerca de 10% das pessoas usam a mão esquerda para escrever. Não há consenso na literatura sobre essas diferenças nos aspectos neurocognitivo, de aprendizado e em relação a funções motoras. No geral, a condição de canhoto num ambiente para destros apresenta desvantagens relacionadas principalmente a habilidades manuais. Para que o aprendizado na área médica seja satisfeito, além de embasamento teórico, o treinamento de habilidades manuais deve ser contemplado. Neste aspecto, atenção especial deve ser dispensada aos canhotos, dadas suas limitações práticas e necessidades adaptativas. O objetivo deste estudo foi verificar limitações dos acadêmicos de medicina e médicos canhotos em procedimentos e possibilidades de adaptação de instrumentais e treinamentos específicos para estes. Foi realizada pesquisa bibliográfica de artigos relacionados ao objeto de estudo, publicados e disponíveis nas bases de dados PubMed, Cochrane e Scielo até junho de 2011. Foram localizados 21 artigos: 11 versaram sobre dificuldade dos canhotos na prática cirúrgica, 4 sobre adaptações do programa de residência médica e 6 apresentaram técnicas e/ou materiais adaptados para canhotos. A maior parte dos artigos dedicou-se a problemas no treinamento e no procedimento cirúrgico. Apesar de trabalhos mostrarem adaptações, os instrumentos cirúrgicos em geral não são adaptados aos canhotos e seu uso requer treinamento ambidestro. Foi concluído que o treinamento precoce, com instrumentos adaptados aos canhotos, talvez reduza os inconvenientes no aprendizado desses cirurgiões. A dominância esquerda é um desafio nas áreas que necessitam habilidades motoras específicas. É necessário pesquisa de campo para proposta de modificações em currículos médicos no nosso país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-08-2018

Como Citar

ALVARENGA, H. F.; LOPES, T. C. S.; RIBEIRO, V. M. L.; UTAGAWA, C. Y. Canhotos e procedimentos médicos – uma reflexão sobre a necessidade de adaptação de instrumentais e de treinamentos acadêmicos específicos. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 2 Esp, p. 46, 2018. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n2 Esp.2289. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2289. Acesso em: 7 out. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>