Caracterização microestrutural dos aços AISI 1020, 1045 e 4340 após ensaio de temperabilidade Jominy

Autores

  • E. G. Melo UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • C. R. Xavier UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n2%20Esp.2292

Palavras-chave:

ensaio Jominy, caracterização microestruural, curva Jominy

Resumo

O objetivo deste trabalho foi a caracterização microestrutural dos aços AISI 1020, 1045 e 4340 após ensaio de temperabilidade Jominy. A importância do estudo se baseia no fato que as propriedades dos aços estão intrinsecamente ligadas à microestrutura apresentada pelos mesmos as quais dependem, por sua vez, de fatores como história térmica e mecânica e composição química. O ensaio Jominy é utilizado para avaliar a temperabilidade dos aços baseando-se na norma NBR-6339 da ABNT, tornando-se importante e necessário neste aspecto uma adequada caracterização microestrutural do aço ensaiado a fim de verificar a sua sensibilidade às transformações metalúrgicas após rápido resfriamento a partir da região austenítica. As microestruturas obtidas através de metalografia óptica foram associadas aos pontos da curva Jominy, o que possibilitou uma correlação direta entre microestrutura e propriedade dos aços ensaiados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-08-2018

Como Citar

MELO, E. G.; XAVIER, C. R. Caracterização microestrutural dos aços AISI 1020, 1045 e 4340 após ensaio de temperabilidade Jominy. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 2esp, p. 49, 2018. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n2 Esp.2292. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2292. Acesso em: 27 fev. 2024.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)