Desafio diagnóstico de derrame pleural: relato de caso

Autores

  • R. R. Rezende UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • T. G. V. Oliveira UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • V. C. Vieira UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • J. C. de Azevedo UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n2%20Esp.2304

Palavras-chave:

relato de caso, derrame pleural, insuficiência cardíaca

Resumo

O derrame pleural (DP) pode ter diversas causas. A insuficiência cardíaca (IC) é considerada a mais prevalente, devido a isso, outros fatores causais não são avaliados, comprometendo o diagnóstico etiológico e terapêutico subsequente. Nosso objetivo é relatar um caso de DP e revisar aspectos clínicos e laboratoriais desta patologia, evidenciando seu caráter heterogêneo e desafiador tanto para o clínico quanto para o cardiologista. Paciente 56 anos, mulher, encaminhada ao ambulatório de cardiologia para investigação de IC como etiologia de um DP ocorrido há 2 meses da consulta. Histórico de 3 internações em que alegava febre, tosse, dispneia em repouso e dor lombar. Apresentava previamente, hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus, artrite reumatóide (AR) e hipotireoidismo (HP). Exame físico sem alterações presentes, exceto por IMC de 34,9kg/m². Exames prévios de Cintilografia Miocárdica e Ecocardiograma com parâmetros normais. BARR não reagente e ultrassonografia de vias urinárias não alterada. Não há relato de análise do líquido pleural. A investigação de DP é baseada na toracocentese diagnóstica e nos níveis pleurais de desidrogenase láctica (LDH) e proteínas, segundo critérios de Light. No relato, a paciente apresentava-se sem comemorativos comuns da IC, tal como edema de membros inferiores, dispneia paroxística noturna e turgência jugular patológica. A função miocárdica normal afastou a IC como primeira hipótese etiológica. A AR e HP presentes, apesar de menos comuns, também são consideradas causadoras de DP, sendo que a etiologia pode permanecer desconhecida em alguns casos. Torna-se fundamental o domínio médico quanto aos criteriosos padrões presentes nos casos de DP, não se restringindo apenas a causas cardiovasculares. Apesar de fatores de risco para IC, não pudemos confirmar o diagnóstico etiológico, sendo a análise do líquido pleural de fundamental importância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08/17/2018

Como Citar

REZENDE, R. R.; OLIVEIRA, T. G. V.; VIEIRA, V. C.; AZEVEDO, J. C. de. Desafio diagnóstico de derrame pleural: relato de caso. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 2 Esp, p. 61, 2018. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n2 Esp.2304. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2304. Acesso em: 1 jul. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)