Processo gerencial em unidades de saúde da família: limites e possibilidades

Autores

  • A. C. A. V. Vimar UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • I. M. Silva UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n2%20Esp.2363

Palavras-chave:

saúde da família, ferramenta gerencial e os princípios e diretrizes do sistema único de saúde

Resumo

A saúde da família tem se constituído em uma estratégia para reorganização da atenção básica, proposta a partir de 1994 e reformada pelos princípios e diretrizes do sistema único de saúde (SUS). O presente estudo foi inspirado na prática profissional, enquanto enfermeiras gerentes de unidades de saúde da família, hospital de ensino e professoras de disciplinas que envolvem Saúde da Família e Gerenciamento em Saúde, em instituições de ensino superior em saúde. Esta prática profissional, marcada pelo questionamento referente à construção do SUS e a importância do processo gerencial nesta construção, estimulou o interesse em aprofundar questões que envolvem a prática de enfermeiras gerentes. Como objeto de estudo optou-se pela investigação do processo gerencial desenvolvido por enfermeiras, na atenção básica. Tendo como objetivos: Identificar o processo gerencial adotado por enfermeiras de Unidade Básica de Saúde. Analisar entendimento referido por trabalhadores de saúde sobre processo gerencial de enfermeiras que atuam em unidades de saúde da família; apontar instrumentos utilizados como ferramenta gerencial e analisar a gerência como ferramenta para a consolidação dos princípios e diretrizes do SUS na saúde da família. No percurso metodológico pretende-se adotar a abordagem qualitativa, que responde a questões particulares, com níveis de realidade que não podem ou não deveriam ser quantificados e uma entrevista semi-estruturada, onde pretende-se discorrer sobre o tema, sem indagação formulada. O estudo encontra-se na fase de registro do Estado da arte acerca da temática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-08-2018

Como Citar

VIMAR, A. C. A. V.; SILVA, I. M. Processo gerencial em unidades de saúde da família: limites e possibilidades. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 2esp, p. 116, 2018. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n2 Esp.2363. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2363. Acesso em: 23 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.