Alfabetização científica em espaços não formais de ensino e de aprendizagem

SIMONE BEATRIZ RECKZIEGEL HENCKES, Andreia Aparecida Guimarães Strohschoen

Resumo


A presente pesquisa possibilitou discussão acerca de dois temas que, através da divulgação científica mostraram-se foco de estudos no campo do Ensino e da Educação, a Alfabetização Científica (AC) e os Espaços Não Formais de Ensino e de Aprendizagem (ENF). O objetivo deste estudo perpassa em analisar como professores da Educação Infantil, dos Anos Iniciais e Anos Finais do Ensino Fundamental utilizam os ENF buscando a AC de seus alunos, em quatro escolas públicas do estado do Rio Grande do Sul/Brasil. Os procedimentos metodológicos envolveram pesquisa descritiva e exploratória, de cunho qualitativo, utilizando o método indutivo. Os sujeitos investigados foram oito professoras - duas da Educação Infantil, três dos Anos Iniciais e três Anos Finais do Ensino Fundamental, de quatro escolas do município de XX. A coleta dos dados foi contemplada em 2018 e contou com entrevistas semiestruturadas, observações registradas no diário de campo e realização de roda de conversa. Os dados foram analisados realizando-se Análise Textual Discursiva, gerando categorias emergentes. Os professores demonstraram desconhecer os termos AC e ENF, mesmo assim buscavam realizar atividades que propiciassem o desenvolvimento da criticidade, autonomia e argumentação em seus alunos. Utilizando para isto, diferentes espaços. Acredita-se que há muito ainda a estudar sobre a AC e os ENF, pois entende-se que são fundamentais para ajudar as crianças e adolescentes a tornarem-se cada vez mais críticos, argumentativos e fazendo sempre o melhor para si mesmos e para o próximo.


Palavras-chave


Alfabetização Científica. Espaços não Formais. Professores.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Salete Bortholazzi; OLIVEIRA, Silmara Sartoreto de. Educação não formal, informal e formal do conhecimento científico nos diferentes espaços de ensino e aprendizagem. In. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor: Produções Didático-Pedagógicas. 2014. Versão Online Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2018.

ALMEIDA, Erick Rodrigo Santos; TERÁN, Fachín. A Alfabetização científica na educação infantil: possibilidades de integração. In: conferência da associação latinoamericana de investigação no ensino de Ciências, 2013, Manaus, Anais..., Manaus: 22 a 25 de out. 2013.

ARAÚJO, Ione dos Santos Canabarro; CHESINI, Talita Sganderla; FILHO, João Bernardes da Rocha. Alfabetização científica concepções de educadores. Revista Contexto & Educação, Unijuí, ano 29, n. 24, p. 4-26, set./dez. 2014.

BRASIL. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Ciências da Natureza no Ciclo de Alfabetização. Caderno 08. Brasília: MEC, SEB, 2015.

CACHAPUZ, António; et al. A necessária renovação do ensino das Ciências. São Paulo: Cortez, 2005.

CHASSOT, Áticco. Para que(m) é útil o ensino? Alternativas para um ensino (de Química) mais crítico. 2. ed. Canoas: Ed. da Ulbra, 2004.

DEMO, Pedro. Educação e alfabetização científica. São Paulo: Papirus, 2010

DUTRA, Gildete Elias; OLIVEIRA, Eniz Conceição; DEL PINO; José Claudio. Alfabetização científica e tecnológica na formação do cidadão. Signos, Lajeado, a. 38, n. 2, p. 56-62, 2017.

GHON, Maria da Glória. Educação não formal, aprendizagens e saberes em processos participativos. Revista Investigar em Educação. II ª série, n. 1, 2014.

JACOBUCCI, Daniela Franco Carvalho. Contribuições dos espaços não-formais de educação para a formação da cultura científica. Em Extensão. Uberlândia, v. 7, p. 55-66, 2008.

LEMKE, Jay. Investigar para el futuro de la educación científica: nuevas formas de aprender, nuevas formas de vivir. Enseñanza de las Ciencias, v. 24, n.1, p. 5-12, 2006.

LORENZETTI, Leonir; DELIZOICOV, Demétrio. Alfabetização Científica no contexto das séries iniciais. Ensaio, Pesquisa em Educação em Ciências. Belo Horizonte, v. 3, n. 1, p. 45-61, jun. 2001.

MARTINS, Ronei Ximenes; RAMOS, Rosana. Metodologia de pesquisa: guia de estudos. p. 8-21, Lavras: UFLA, 2013.

MONTEIRO, Marco Aurélio Alvarenga. TEIXEIRA, Odete Pacubi Baierl. O ensino de física nas séries iniciais do ensino fundamental: um estudo das influências das experiências docentes em sua prática em sala de aula. Investigações em Ensino de Ciências. Porto Alegre, v. 9, n. 01, 2004.

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria do Carmo. Análise textual discursiva: processo construído de múltiplas faces. Ciência e Educação. São Paulo, v.12, n.1, p.117-128, 2006.

SASSERON, Lúcia Helena; CARVALHO, Anna Maria Pessoa de. Almejando a alfabetização científica no ensino fundamental: a proposição e a procura de indicadores do processo. Investigações em Ensino de Ciências. Porto Alegre, v. 13, n. 03, p. 333-352, 2008.

SASSERON, Lúcia Helena. Alfabetização científica: uma revisão bibliográfica. Investigações em Ensino de Ciências. Porto Alegre, v. 16, n.1, p. 59-77, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: