A ABORDAGEM CTS-ARTE NOS ESTUDOS DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO: UMA PRÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL.

Samara de Almeida Andrade, Roberto Dalmo Varallo Lima de Oliveira, William Zamboni de Mello, Glória Regina Pessôa Campello Queiroz

Resumo


O tema “Estações de Tratamento de Esgoto” é de extrema relevância quando se busca a formação de cidadãos com capacidade de interpretação e criticar o meio que está inserido. Com intuito de estabelecer uma formação mais crítica, que aproxime as áreas exatas das áreas humanas e de ampliar a compreensão do outro, o presente trabalho busca a aproximação da Arte com a Educação em Química e, para isso, utiliza como referencial teórico a estratégia didática CTS- ARTE (Ciência, Tecnologia e Sociedade).  O trabalho é desenvolvido em duas principais etapas: 1) Elaboração e aplicação das aulas; 2) Elaboração da pesquisa, que consiste em analisar o conteúdo da arte desenvolvida pelos alunos, cujo principal objetivo é encontrar as relações diretas e indiretas com todas as fases desenvolvidas durante o trabalho, sendo essas: literatura de cordel, ETE (Estação de tratamento de esgoto), conteúdo científico de separação de mistura, o momento político que a cidade estava vivendo. Os alunos, na sua maioria tiveram falas que expuseram nas suas artes todos os outros temas com a política, ou seja, a falta da mesma na cidade onde residem.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25119/praxis-6-11-615

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: