A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO FISIOTERAPEUTA PARA ATUAR NA EQUIPE DE ASSISTÊNCIA AO PARTO HUMANIZADO: a visão do aluno de uma universidade pública

Rafaela Comaru Gouveia, Renato da Costa Teixeira, Robson José de Souza Domingues, Marília da Silva Pinheiro, Emmanuel Ribeiro Cunha

Resumo


O estudo trata da formação do profissional fisioterapeuta para atuar na assistência ao parto humanizado. A pesquisa qualitativa e descritivo teve como objetivos analisar as percepções dos estudantes de fisioterapia da Universidade do Estado do Pará (UEPA) sobre o atendimento fisioterapêutico a mulheres em trabalho de parto e apontar alternativas para melhorar a formação do fisioterapeuta para atuar na equipe de assistência ao parto humanizado. Contou com a participação de 20 alunos que responderam a um questionário e participaram de grupos focais. Os resultados demonstraram que os alunos detêm os conceitos relacionados à humanização, no entanto não revelaram conhecimentos específicos sobre as políticas do Ministério de Saúde de assistência humanizada ao parto. As disciplinas que abordam a assistência humanizada ao parto estão no caminho certo, ainda que melhorias possam ser realizadas. Propõe-se estratégias para melhorar a formação inicial do fisioterapeuta.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: