Representações sociais de licenciandos sobre ser professor de ciências

Heloisa Fernanda Ortêncio Negri, Carlos Alberto Oliveira Magalhães Júnior, Celia Tamara Coêlho, Cristiano Domingues da Silva, Felipe da Silva Triani

Resumo


O objetivo foi investigar as Representações Sociais (RS) que licenciandos em Ciências da Universidade Estadual de Maringá têm sobre a atividade docente nesta área. Identificamos as representações sociais e o núcleo central por meio da entrevista semiestruturada e da técnica de evocação livre de palavras como instrumentos de coleta de dados, já a técnica de análise de conteúdo foi adotada como instrumentos de análise de dados. Os resultados apresentados por meio de entrevistas semiestruturadas são de que os acadêmicos possuem uma representação social na formação de professores de Ciências pautada na formação conteudista. Sobre “Ser professor de Ciências”, como resultado do núcleo central nos 3º anos encontramos a palavra “Inteligente”, e nos 4º anos o núcleo central foi apontado pelas palavras “Conhecimento” e “Sentimento”. Foi possível acentuar por meio da análise dos planos de aulas e relatórios que os acadêmicos possuem uma representação social baseada no livro didático, e a prática de ensino pautada na teoria tradicional de ensino.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: