A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE DOCENTE NA LICENCIATURA EM QUÍMICA E SUAS RELAÇÕES COM A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA A PARTIR DA ANÁLISE DO MODELO DE ENSINO DE GOWIN

Débora Lázara Rosa, Ana Néry Furlan Mendes, Andrea Brandao Locatelli

Resumo


Objetiva tratar da Aprendizagem Significativa a partir da análise do modelo de ensino de Gowin, que se constitui na interação entre processos de formação inicial de professores de Química e materiais educativos. Foram referenciados autores como David Ausubel e Marco Antônio Moreira que fundamentam as bases conceituais e metodológicas desse trabalho na compreensão e análise da estruturação dos saberes docentes.

A prática pedagógica experimentada no ambiente escolar se constitui valiosa por proporcionar saberes práticos, trocas de informações com profissionais mais experientes, vivência da rotina e dos desafios da sala de aula que promovem saídas pedagógicas diversas diante da imprevisibilidade do cotidiano pedagógico, proporcionando possíveis reflexão das ações realizadas que venham contribuir de forma significativa nos processos de ensino e aprendizagem.

Dessa forma ações como estágios supervisionados e participação dos licenciandos em programas como o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID, contribuem significativamente na formação da identidade docente, e, no caso aqui tratado, no curso de licenciatura em Química em que a didática e as ações desenvolvidas em sala de aula têm promovido a aprendizagem e o envolvimento dos licenciandos motivando-os na produção dos saberes pertinentes à profissão.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: