XENOBIÓTICOS: frequência da inserção na dieta alimentar dos adoçantes artificiais com destaque para o Aspartame, Ciclamato de Sódio e Sacarina Sódica - possíveis efeitos adversos.

Danúzia Pacheco Natividade, Denise Celeste Godoy de Andrade Rodrigues, Valéria da Silva Vieira

Resumo


Há menos de 30 anos atrás os adoçantes artificiais somente eram usados por pessoas diabéticas ou pessoas que necessitassem de restrição do açúcar por recomendação medica. Com a explosão da mídia e a corrida desenfreada pelo culto ao corpo e a boa forma física, imposta pelos padrões da sociedade atual, ocorreu uma grande mudança nos hábitos alimentares e com isso o uso dos adoçantes artificiais ganhou destaque em substituição ao açúcar convencional. Essa substituição quando feita com orientação de um medico ou nutricionista pode proporcionar uma qualidade no estado de saúde, porém se for feita por iniciativa própria pode algumas vezes ocasionar danos para a saúde, principalmente no caso de gestantes. Esse estudo traz algumas informações e características sobre os adoçantes artificiais, destacando-se Aspartame, Ciclamato de Sódio e Sacarina Sódica. Apesar de o seu uso ser aprovado pelos órgãos competentes, se faz necessário conhecer as quantidades recomendadas e limites de ingestão diária.


Palavras-chave


Xenobióticos, adoçantes artificiais, nutrição.

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, José Germano Ferraz; MARTINS, Alex Tadeu; AZOUBEL, Reinaldo. Ciclamato de sódio e rim fetal . Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, Recife, v.3 n.2, abr. Jun. 2003. versão impressa ISSN 1519-3829.

BOMTEMPO, Márcio. Relatório Orion. Denúncia médica sobre os perigos dos alimentos industrializados e agrotóxicos. P&PM editores – Edição 1985. Porto Alegre. Rio grande do Sul.

BRASIL. ANVISA Agência Nacional da Vigilância Sanitária. Resolução - RDC n° 3 de 2 janeiro de 2001 Adoçantes: Limitações e Aprovações pela ANVISA.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Industrial e Comércio Exterior. IMETRO. Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Disponível em: www.inmetro.gov.br/consumidor/produtos/ adocantes.pdf. Acesso em: 22 jun.2009

CARVALHO, Silvia Barbosa. As Virtudes do Pecado: Narrativas de Mulheres a “Fazer a Vida” no Centro da Cidade. Rio de Janeiro, 2000. Tese de Dissertação - Fundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública Mestrado em Saúde Pública Sub Área: Saúde e Sociedade, Rio de Janeiro, 2000.

CHEMELLO, Emiliano. A Fenilcetonúria e o “teste do pezinho”. Revista Eletrônica ZO-OM – Cia da Escola, 2005. Disponivel em: http://www.ciadaescola.com.br/ zoom/materia.asp?materia=249 - Acesso em: 08 nov. 2009.

CHEMELLO, Emiliano. O equilíbrio ácido-base do sangue. Textos Interativos – NAEQ – Núcleo de Apoio ao Ensino de Química. Disponível em http:// www.ucs.br/ccet/defq/naeq/material_didatico/textos_ interativos_34.htm. Acesso em: 09/12/2009.

CHEMELLO, Emiliano; PANDOLFO, Felipe G. Os adoçantes artificiais emagrecem? – Núcleo de Apoio ao Ensino de Química. Disponível em: http://www.ucs.br/ccet/defq/naeq/material_didatico/textos_interativos_ 01.htm. Acesso em : 09/12/2009.

LEE, Jonh R. As Múltiplas Funções de um Notável Hormônio. Palestra. Disponível em: http://www.geocities. com/novatrh/lee.html. Acesso em: 02 mai. 2009.

SILVA, A. M. (1999) Elementos para compreender a modernidade do corpo numa sociedade racional. Cad. CEDES, ago. 1999, vol.19, no. 48 p. 07-29.

THOMAS, Pat. ASPARTAME-The Shocking Story of the World’s Bestselling Sweetener. THE ECOLOGIST Cover Story, pages 35-46 SEPTEMBER 2005; Pages 35-51. Disponível em: http://www.guardian.co.uk/politics/2005/dec/15/ foodanddrink.immigrationpolicy. Acesso em: 02 jun. 2009.

TOCCHETTO, Marta Regina Lopes. Toxicologia e Segurança de Laboratório. Caderno Didático 2007. Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Química. Setor de Química Industrial e Ambiental. Disponível em: http://marta.tocchetto. com/site/?q=node/34 http://www.bv.fapesp.br/projetos-pipe/ 547/utilizacao-cultura-celulas-monitoramento-toxicidadexenobioticos/. acesso em: 15 mai 2009.

TORLONI et al. O uso de adoçantes na gravidez: uma análise dos produtos disponíveis no Brasil. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia; Rio de Janeiro 2007 vol. 29 n 5, 267-75 Artigo de Revisão. Print version ISSN 0100-7203.




DOI: https://doi.org/10.25119/praxis-3-5-982

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: