Enunciação, descodificação e validade de um software educativo à luz do pensamento habermasiano

Keylor Bronzato, Rosana Aparecida Ravaglia Soares

Resumo


A sociedade moderna amplia, a cada dia, a gama de possibilidades tecnológicas capazes de captar a imaginação dos indivíduos através de uma simulação da realidade: ambientes virtuais adequados à necessidade de produção de dados que geram inteligência educacional para a escola. Produtos que, por si só, não amenizam os problemas do ensino se não acompanhados de uma profunda reflexão sobre seu funcionamento, serventia, e riscos envolvidos. Um trabalho de campo envolvendo a análise das falas de diferentes atores sociais resultou no desenvolvimento de um software educativo que permite ao usuário tornar-se um detetive capaz de resolver crimes ambientais. No presente texto, cuidamos de apresentar o mesmo a professores do ensino fundamental, com a pretensão de validar totalidade e especificidades nele dispostas. Objetivamos a oferta de enunciados codificados aos docentes para que, no âmbito de uma ação comunicativa, fossem as pretensões de validade sobre o software aceitas ou não, estabelecendo-se assim o processo crítico de avaliação da ferramenta. O produto foi capaz de estimular nos docentes a reflexão necessária à descaracterização do crime ambiental como elemento de incidência puramente ecológica.


Palavras-chave


ação comunicativa, teoria das pretensões de validade, disseminabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


BRONZATO, K. Environmental Detective. Disponível em: . Acesso em 02 Abr. 2017.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Portaria Nº 080 de 16 de Dezembro de 1998. Dispõe sobre o reconhecimento dos mestrados profissionais e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em 20 Abr. 2017.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 56. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

GONÇALVES, M. A. S. Teoria da ação comunicativa de Habermas: Possibilidades de uma ação educativa de cunho interdisciplinar na escola. Educação & Sociedade. n. 66, ano XX, pp. 125-140, Abr. 1999.

HABERMAS, J. Teoria do agir comunicativo: Racionalidade da ação e racionalização social. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

LEONI, P. A. Oficina de Aprendizagem: proposta de metodologia complementar para curso de Nutrição. 2016. 89f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente) – Centro Universitário de Volta Redonda, Fundação Oswaldo Aranha, 2016.

MAAR, Wolfgang Leo. Habermas e a questão do trabalho social. Lua Nova, São Paulo, n. 48, Dec. 1999 . Disponível em: . Acesso em: 27 Jan. 2017.

MARX. K. O capital: crítica da economia política. 6. ed.. Rio de Janeiro: Bertrand, 1991.

MEC. Ministério da Educação. Portaria Normativa Nº 17 de 28 de Dezembro de 2009. Dispõe sobre o mestrado profissional no âmbito da Fundação CAPES. Disponível em: Acesso em 20 Abr. 2017.

NASCIMENTO, K. B. Percepções sobre crime ambiental no Funil: direito, tecnologia e sociedade. 2016. 151f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente) – Centro Universitário de Volta Redonda, Fundação Oswaldo Aranha, 2016.

PELEGRINI, D. R.; VLACH, V. R. F. As múltiplas dimensões da educação ambiental: por uma ampliação da abordagem. In: PORTO, I. M. R.; VLACH, V. R. F. (Org). Ensino de Geografia, Diversidade, Cidadania: aprendizagens em construção. 1a. ed. São Luiz: UFMA, 2015, v.01, pp. 117-136.

PINTO, José Marcelino de Rezende. A teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas: conceitos básicos e possibilidades de aplicação à administração escolar. Paidéia. Ribeirão Preto, n. 8-9, p. 77-96, Ago. 1995.

SIEBENEICHLER, F. B. Apresentação á edição brasileira. In: HABERMAS, J. Teoria do agir comunicativo: Racionalidade da ação e racionalização social. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

SOUZA, A. S. B. A mágica como ferramenta de estimulação da aprendizagem no ensino de física. 2015. 96f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente) – Centro Universitário de Volta Redonda, Fundação Oswaldo Aranha, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: