“JOGO DA TRADUÇÃO”: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA NO ENSINO DE GENÉTICA

Carlos Alberto Sanches Pereira, Ana Paula Cunha Pereira, Júlio Cezar Azevedo da Silva Junior, Gabriela Girão de Albuquerque, Valéria da Silva Vieira

Resumo


As dificuldades no processo de ensino e aprendizagem dos conteúdos de genética é bastante discutida nos meios escolar e acadêmico, principalmente o que tange aos aspectos relacionados às dificuldades de aplicabilidade e abstração dos conceitos que são abordados nesta disciplina. A proposta de uso da informática como ferramenta didática é cada vez mais comum em diversas áreas do saber. Buscando facilitar a compreensão de alguns conteúdos da disciplina de Genética, foi criado um jogo tecnológico onde os alunos pudessem interagir com os constituintes celulares envolvidos nos processos de transcrição de tradução. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é apresentar a construção e a forma de uso de um jogo digital de genética intitulado: “Jogo da Tradução”. Através da união de noções básicas em informática com conteúdos teóricos, concretizou-se a criação do “Jogo da Tradução”. Um jogo digital, construído com recursos básicos do PowerPoint, o qual permite o aluno à aplicação do conhecimento teórico para ele mesmo construir sua proteína. Este jogo permite o professor trabalhar de forma lúdica e interativa o conteúdo de genética molecular, um assunto normalmente tratado de forma exclusivamente teórica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Praxis

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em: