Caracterização das Microestruturas Obtidas por Meio de Ensaio Jominy Monitorado do Aço SAE 1026

Autores

  • Márcio Teodoro Fernandes Universidade Federal Fluminense
  • Ivaldo Ferreira Leão Universidade Federal Fluminese
  • Paulo André Dias Jácome Centro Universitário de Volta Redonda – UniFOA
  • Leonardo Martins da Silva Universidade Federal Fluminense
  • Paula Cristina Petriz Monteiro Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v9.n24.230

Palavras-chave:

Ensaio Jominy, SAE 1026, Caracterização Microestrutural, Aço hipoeutetóide

Resumo

O aumento da demanda mundial de aço e a redução da disponibilidade dos recursos naturais têm sido responsáveis pela formação de um panorama de desenvolvimento desafiador para a engenharia metalúrgica nos últimos anos, encarregando-a de equacionar o problema da obtenção de materiais em quantidade, qualidade, em ciclos de produção mais curtos, sem agredir o meio ambiente e a custos mais baixos para garantir a competitividade. Em países em desenvolvimento, aços hipoeutetóides são largamente utilizados na construção civil. O conhecimento dos mecanismos de obtenção desses aços, que não possuem em sua composição teores de elemento de liga significativos podem permitir a elevação de suas propriedades superficiais a partir de tratamentos térmicos durante o processo de obtenção do produto final. Para o domínio da tecnologia envolvida, exige-se um profundo conhecimento dos fenômenos que ocorrem durante o processamento desses aços. Com o objetivo de contribuir com o estudo desses fenômenos, este trabalho consistiu em caracterizar as microestruturas resultantes no aço hipoeutetóide SAE 1026 em função de diferentes taxas de resfriamento. Com o objetivo de se obter diferentes taxas de resfriamento ao longo do corpo de prova, foi projetado um equipamento para execução do ensaio Jominy (ASTM A-255, 1999), com características específicas para atender o monitoramento de temperatura. Após o resfriamento, o corpo de prova foi submetido a ensaios de dureza e metalográficos para caracterização das microestruturas obtidas e da variação das propriedades mecânicas para diversas taxas de resfriamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcio Teodoro Fernandes, Universidade Federal Fluminense

Engenheiro Metalúrgico, Mestrando Universidade Federal Fluminense - PPGEM

Ivaldo Ferreira Leão, Universidade Federal Fluminese

Doutor Professor Adjunto do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal Fluminense – EEIMVR UFF

Paulo André Dias Jácome, Centro Universitário de Volta Redonda – UniFOA

Doutor Professor Titular do Centro Universitário de Volta Redonda – UniFOA

Leonardo Martins da Silva, Universidade Federal Fluminense

Doutorando em Engenharia Metalúrgica - EEIMVR UFF

Paula Cristina Petriz Monteiro, Universidade Federal Fluminense

Mestranda em Engenharia Metalúrgica - EEIMVR UFF

Referências

ABNT. NBR 6339/1989. Aço – Determinação da Temperabilidade Jominy. 1989.

ABDALLA, A.J., et al.; Formação de Fase Bainítica em Aços de Baixo Carbono. Revista Brasileira de Aplicações de Vácuo, v25, nº3, páginas 175-181, 2006.

ASM, Metals Handbook, Heating Treating, Vol. 4, 1991.

ASTM A-255. Determining Hardenability of Steel. 1999.

BORTOLETO, E.M.: Modelamento Numérico Computacional das Transformações de Fasesnos Tratamentos Térmicos do Aços,Dissertação de Mestrado, USP (Universidade de São Paulo), 2010.

CALLISTER, W.D.; Ciência e Engenharia de Materiais: Uma Introdução, edição 7, São Paulo, 2008.

CHEN, J.R., et al. ; Study on Heat Conduction With Variable Phase Transformation Composition During Quench Hardening. Journal of Materials Processing Tecnology, 1997, 32, 339-347.

COLPAERT, H.; Metalografia dos Produtos Siderúrgicos Comuns, ed. 4, São Paulo,2008.

COSTA E SILVA, A.; SAM-CONAMET 2009, 9º Congresso Internacional de Metalurgia y Materiales, Argentina 2009.

COTA, A.B.,et al.; Determination of CCT Diagrams by Thermal Analysis of a HSLA Bainitic Steel Submitted to Thermomechanical Treatment. Scripta Materialia, v. 40, n.2, 1999, p.165-169.

COTA, A.B.; Influência da Temperatura de Austenitização sobre a Cinética de Formação da Ferrita em um Aço microligado com Nb, Metalurgia e Materais, 2002.

DEL SANT, R.; Estudo da Transformação da Austenita Retida em Martensita Induzida por Deformação Plástica em Aços Multifásicos, tese de doutorado, UNESP (Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá), 2010.

FILHO, C.H.M.A.; Análise da Influência da Taxa de Resfriamento no Gradiente Microestrutural de Barras Laminadas Quente Tratadas Termicamente, dissertação de mestrado, PUC-PR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná), 2004.

KANDPAL, B.C.; A Review on Jominy Test and Determination of Efect of Alloying Elements on Hardnebility of Steel Using Jominy end Quench Test, Journal od advances in Engeneering & Tecnology, 2011.

MARTINS, M.; Temperabilidade Jominy e Influência do Revenido Sobre a Dureza – Um Estudo em Aços Estruturais Nacionais, dissertação de mestrado, UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), 2002.

OLIVEIRA, S. L.G., et al..; Simulação do Resfriamento de Chapas de Aço em Laminação Controlada, Matéria, Vol. 9, Nº 1,43 – 54, 2004.

OLIVEIRA, W.P., et al..; Thermomechanical Analysis of Steel Cylinders Quenching Using a Constitutive Model with Diffusional and Non-Diffusional Phase Transformations, Mechanics of Materials, 2010, Mechanics of Materials, 42, 31-43.

RETI, T., et al.; Computer Simulation of Steel Quenchinq Process Using a Multi-Phase Transformation Model. Computational Materials Science, 2001, 22, 261-278.

SANTOS, A.A.; Modelamento da Transformação de Fases de Aços de Alta Resistência Microligados ao Nb Durante Resfriamento Após Laminação em Tiras a Quente, tese de doutoras, UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), 2007.

SOUZA, L.L.; Estudo para Obtenção da Microestrutura Ferrítica-Bainítica em Aços Laminados a Quente do Tipos: C-MN e C-Mn-Nb, dissertação de mestrado, UFF – EEMVR (Universidade Federal Fluminense, Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda), 2008.

SOUZA, G.A.; Caracterização Microestrutural de Um Aço Médio Carbono e Baixa Liga ( Com Estrutura) Bainítica/Martensítica) Via Microscopia Óptica, dissertação de mestrado, Faculdade de Engenharia do Campus de Guaratinguetá, Universidade Estadual Paulista. 2008.

XAVIER, C.R.; et al.; Projeto e Construção do Aparato Jominy: Uma Contribuição para a Pesquisa, UniFOA, Cadernos UniFOA, edição 10, 2009.

XAVIER,C.R.; Simulação de Temperatura e Transformação de Fases na Soldagem MIG de Aços, tese de doutorado, UFF – EEMVR (Universidade Federal Fluminense, Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda), 2008.

Downloads

Publicado

2014-04-10

Edição

Seção

Tecnologia e Engenharias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)