PERCEPÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE UM CENTRO DE PESQUISAS SOBRE ASPECTOS DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO

Autores

  • Estefânia Câmara Santos Lopes Centro de Pesquisas René Rachou (CPqRR) – Fiocruz/MG
  • Marismary Horsth De Seta Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca - ENSP/Fiocruz

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v12.n33.461

Palavras-chave:

Qualidade de Vida no Trabalho, Servidor Público, Centro de Pesquisa

Resumo

Objetivou-se conhecer a percepção que os servidores públicos de um centro de pesquisas tem em relação a aspectos relacionadas à Qualidade de Vida no Trabalho (QVT). Utilizando-se de questões extraídas do instrumento proposto por Ferreira (2009), o IA_QVT ­ (Inventário de Avaliação de Qualidade de Vida no Trabalho), disponibilizou-se um questionário em meio eletrônico para atribuição de notas, através de uma escala tipo Likert, quanto as assertivas relacionadas aos fatores estruturantes da QVT propostos pelo autor. Estes fatores são: Condições de Trabalho, Organização do Trabalho, Relações Socioprofissionais de Trabalho, Reconhecimento e Crescimento Profissional e Elo Trabalho-vida social. Houve participação de 67 servidores (46,21% dos convidados). Os resultados demonstraram que há pontos favoráveis e desfavoráveis à QVT em cada um dos fatores, elucidando a necessidade de atuação institucional com propostas de melhorias sobre aqueles desfavoráveis e fortalecimento dos favoráveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Estefânia Câmara Santos Lopes, Centro de Pesquisas René Rachou (CPqRR) – Fiocruz/MG

Mestre em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP); Tecnologista em Saúde Pública do Centro de Pesquisas René Rachou (CPqRR) – Fiocruz/MG.

Marismary Horsth De Seta, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca - ENSP/Fiocruz

Doutorado e Mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tecnologista Senior do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde da ENSP/FIOCRUZ. Atua no lato sensu e no stricto sensu (programa de Saúde Pública).

Referências

ABRAHAO, Júlia Issy; PINHO, Diana Lúcia Moura. As transformações do trabalho e desafios teórico-metodológicos da Ergonomia. Estud. psicol. (Natal), Natal, v. 7, n. spe, 2002, p. 45-52. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2002000300006>.

ALBUQUERQUE, L. G.; FRANÇA, A. C. L. Estratégias de Recursos Humanos e gestão da qualidade de vida no trabalho: o stress e a expansão do conceito de qualidade total. Revista de Administração, São Paulo, v. 33, n. 2, abr./jun. 1998, p. 40-51. Disponível em: <http://www.rausp.usp.br/busca/artigo.asp?num_artigo=144>.

ANDRADE, Polyanna Peres; VEIGA, Heila Magali da Silva. Avaliação dos trabalhadores acerca de um programa de qualidade de vida no trabalho: validação de escala e análise qualitativa. Psicol. cienc. prof., Brasília , v. 32, n. 2, 2012, p. 304-319. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932012000200004>.

DEJOURS, Christophe. Da psicopatologia à psicodinâmica do trabalho. 3. ed., rev. ampl. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz; 2011, 507 p.

FERREIRA R.R. et al. Concepção e Implantação de um Programa de Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT) no Setor Público: o Papel Estratégico dos Gestores. Revista Administração, São Paulo, v. 44, n. 2, abr./mai/jun. 2009, p. 147-157. Disponível em: .

FERREIRA M.C, ALVES L, TOSTES N. Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) no Serviço Público Federal: o Descompasso entre Problemas e Práticas Gerenciais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 25, n. 3, jul./ set. 2009, p. 319-327. Disponível em: <http://www.ergopublic.com.br/arquivos/1260303872.08-arquivo.pdf>.

FERREIRA, M.C. Inventário de Avaliação de Qualidade de Vida no Trabalho. Instrumento de Diagnóstico e Monitoramento de QVT nas Organizações [internet]. In: Anais da 61ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência; 2009; Manaus, Amazonas, Brasil. Manaus: Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência; 2009, [acesso 27 Out 2014]. Disponível em

<http://www.sbpcnet.org.br/livro/61ra/resumos/resumos/5473.htm>.

FERREIRA, M.C.; MENDES, A.M. “Só de pensar em vir trabalhar, já fico de mau humor”: atividade de atendimento ao público e prazer-sofrimento no trabalho. Estudos de Psicologia (Natal), Natal, v.6, n.1, jan./ jun. 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-294X2001000100010&script=sci_arttext>.

FERREIRA, Mário César. Qualidade de Vida no Trabalho. Uma abordagem centrada no olhar dos trabalhadores. 2. ed., Editora Paralelo 15, Brasília, 2012.

FILHO, José Marçal Jackson. Desenho do trabalho e patologia organizacional: um estudo de caso no serviço público. Revista Produção, São Paulo, v.14, n.3, set./dez. 2004, p. 58-66. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-65132004000300007>.

GARCIA, Edilene de Oliveira Pereira. Qualidade de Vida no Trabalho: com a palavra os funcionários públicos. 2007, 185 p. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Metodista de São Paulo. São Bernardo do Campo.

MEDEIROS L, F, R.; FERREIRA M, C. Qualidade de Vida no trabalho: uma revisão da produção científica de 1995-2009. Revista Gestão Contemporânea, Porto Alegre, ano 8, n.9, jan./jun. 2011, p. 9-34. Disponível em: <http://www.ergopublic.com.br/arquivos/1359565902.29-arquivo.pdf>.

PACHECO, Veruska Albuquerque. Qualidade de Vida no Trabalho, Bem-estar e Mal-estar sob a Ótica de Trabalhadores de uma Agência Reguladora no Brasil. 2011. 134 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade de Brasília, Brasília. Disponível em: <http://www.ergopublic.com.br/arquivos/1360931827.95-arquivo.pdf>.

PADILHA, Valquíria. Qualidade de Vida no Trabalho num cenário de precarização: a panaceia delirante. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v.7, n.3, nov. 2009, p. 549-563. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1981-77462009000300009&script=sci_arttext>.

REGO, R.M. Expressão artística e Teleatendimento: perspectivas para melhoria de Qualidade de Vida no Trabalho. Psicologia, Ciência e Profissão, Brasília, v. 28, n. 1, 2008, p. 200-209. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-98932008000100015&script=sci_arttext>.

ROCHA, V.M, da; FERNANDES, M.H. Qualidade de vida de professores do ensino fundamental: uma perspectiva para a promoção da saúde do trabalhador. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 57, n.1, 2008, p. 23-27. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0047-20852008000100005>.

VASCONCELOS, A.F. Qualidade de vida no Trabalho: origem, evolução e perspectivas. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 8, n. 1, jan./ mar. 2001, p. 23-35. Disponível em: <http://www.ead.fea.usp.br/cad-pesq/arquivos/v08-1art03.pdf>.

Downloads

Publicado

05/05/2017

Como Citar

LOPES, E. C. S.; DE SETA, M. H. PERCEPÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE UM CENTRO DE PESQUISAS SOBRE ASPECTOS DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 12, n. 33, p. 87–98, 2017. DOI: 10.47385/cadunifoa.v12.n33.461. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/461. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas e Humanas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)