A cidade e o meio ambiente em jogos digitais

uma análise do discurso ambiental em The Sims e Cities Skylines

Autores

Palavras-chave:

Educação ambiental, Jogos digitais, Cidades sustentáveis

Resumo

Para além de mero objeto de entretenimento, os jogos digitais têm sido uma fonte profícua para a compreensão das imagens produzidas sobre a cidade e o meio ambiente. O presente trabalho analisou as representações sobre o meio ambiente e a cidade em dois videogames, The Sims e Cities Skylines, a partir da seleção e recorte de cenas representativas do tema em questão. Para isso, a pesquisa apoiou-se nos estudos sobre a Educação Ambiental e o campo discursivo do digital. Embora ambos os jogos digitais abordem questões relativas ao meio ambiente e à cidade a partir de um viés sustentável, neles, não estão postas as causas reais da
degradação da cidade e de seu ecossistema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luanna Milantoni, Universidade Federal de São Carlos

Graduação em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), campus Lagoa do Sino.

Ilka Oliveira Mota, Universidade Federal de São Carlos

Mestrado em Linguística, doutorado e pós-doutorado em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP. É docente da Universidade Federal de São Carlos, campus Lagoa do Sino.

Referências

DIAS, Cristiane. Considerações sobre o texto pelo digital. In: Língua, ensino e tecnologia. Organizadoras: Claudia Pfeiffer, Juciele Pereira Dias e Luciana Nogueira. 1. Ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2020.

DIAS, Cristiane. Análise do discurso digital: sujeito, espaço, memória e arquivo. Campinas: Pontes, 2018.

DIAS, Cristiane. e-urbano: a forma material do eletrônico no urbano. In: DIAS, Cristiane. E-urbano: sentidos do espaço urbano/digital [online]. 2011. Consultada no Portal Labeurb.

GARRÉ, B. H.; HENNING, P. C. Modos de atualizar o enunciado catastrófico do planeta terra na revista veja. ETD - Revista Educação Temática Digital. Campina, SP, v. 16, n. 3, p. 426-439, set./dez. 2014.

JACOBI, P. R. Educação Ambiental: o desafio da construção de um pensamento crítico, complexo e reflexivo. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 233-250, maio/ago. 2005.

LIMA, Bruno; Stanganini, Fábio; Melanda, Edson. Uso do “Cities: Skylines” para avaliação de cenários urbanos considerando aspectos de mobilidade e custo urbano. II Simpósio Nacional de Gestão e Engenharia Urbana, 2019, p. 1-13.

LUZ, Alan Richard. Linguagens gráficas em videogame. Nascimento, desenvolvimento e consolidação do videogame como expressão gráfica. 2009. 86 f. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

MADRUGA, Elisangela Barbosa. HENNING, Paula Correa. O governamento do medo como tática de educação ambiental nos jogos eletrônicos. Revista Teias v. 19, n. 53, Abr./Jun. 2018.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à Educação do futuro. São Paulo/Brasília: Cortez/Unesco, 2011, 118 p.

MOROZOV, Evgeny. A ascensão dos dados e a morte da política. Big Tech. São Paulo: Ubu Editora, 2018.

ORLANDI, Eni. Interpretação e autoria: leitura e efeitos do trabalho simbólico. Rio de Janeiro: Vozes, 1996.

SANTOS, Y. A. B; TORGA, V. L. M. “A vida é um jogo”: o jogo discursivo no gênero videogame. Revista Signótica, Goiânia, v. 30, n. 4, p. 702-726, out./dez. 2018.

SORRENTINO, Marcos et al. Educação ambiental como política pública. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 285-299, maio/ago. 2005.

STURKEN, Marita; CARTWRIGHT, Lisa. Practices of looking: an introduction to visual culture. New York: Oxford University Press, 2005.

VIEIRA, Cintia Marques. A linguagem cinematográfica utilizada pelos videogames: o uso das cutscenes como experiência narrativa. Revista Temática. Ano XIV, n. 10. Outubro/2018. NAMID/UFPB.

ZAGAL, José Pablo. Ludoliteracy: defining, understanding and supporting games education, Pittsburgh: ETC Press, 2010.

Downloads

Publicado

24-06-2022

Como Citar

DE OLIVEIRA MILANTONI, L. .; OLIVEIRA MOTA, I. A cidade e o meio ambiente em jogos digitais: uma análise do discurso ambiental em The Sims e Cities Skylines. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, 2022. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/3982. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas e Humanas