Formação a distância para professores dos anos iniciais do ensino fundamental: uma reflexão sobre a prática

Autores

  • S. M. J. Lima UNIRIO – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2219

Palavras-chave:

formação de professores à distância, ensino de língua, prática pedagógica

Resumo

Este estudo pretende discutir a teoria mediada na disciplina Língua Portuguesa na Educação 1, do Curso de Pedagogia à Distância para os anos iniciais do ensino fundamental da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), observando as práticas de sala de aula desenvolvidas por professoras – ex-alunas egressas desse Curso. Para tanto, buscamos fundamentação teórica em três categorias de análise que, de certo modo, constituem a  pesquisa: (a) formação de professores à distância – discutimos tal formação no contexto educacional brasileiro e apresentamos diversos olhares sobre a questão –; ensino de língua portuguesa – sob o enfoque de uma concepção de ensino sociointeracionista – e (c) prática pedagógica – em que discutimos como a transposição do conhecimento teórico apresentado pela referida disciplina chega às práticas de sala de aula dessas docentes, em seus respectivos contextos educacionais, tendo como base os três campos da recontextualização didática propostos por Basil Bernstein: a produção (local onde o conhecimento é produzido), a recontextualização (o processo de aquisição do conhecimento) e a reprodução (como o conhecimento produzido é reproduzido). No corpus do trabalho, evidenciamos abordagens teóricas e conceituais e questões metodológicas que delimitam o estudo ao grupo de alunas que ingressaram no presente curso, no período que compreende o segundo semestre do ano de 2003 ao segundo semestre do ano de 2007 e por fim, reflexões que partem da análise de questionário respondido e das observações das práticas pedagógicas ministradas pelas professoras que realizaram aquele Curso de Pedagogia à Distância, no município de Piraí, onde atuamos como tutora presencial dessa disciplina. O estudo concluiu que as concepções e práticas propostas pela disciplina de LP1 foram validadas nas práticas pedagógicas; porém, esta validação não foi totalmente efetivada nas atitudes, procedimentos e inferências realizadas durante as observações. Concluiu, ainda, que o conhecimento “recontextualizado”, por tratar-se de um processo contínuo, não é reproduzido da mesma forma como é apresentado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30